Geral Brasil

Ministério de Damares retira do ar nota em que lamentava mortes no Jacarezinho

Por PortalTX

10/05/2021 às 15:51:25 - Atualizado há

Publicada na sexta-feira (7), a nota dizia que a pasta entendia ser urgente "a necessidade de combate ao crime organizado, ao tráfico de drogas e às demais atividades marginais que acontecem na cidade", e afirmava que "essas [operações] devem ocorrer de forma a proteger a vida de todos, especialmente dos moradores que, também, são vítimas e reféns de atividades criminosas."

A nota estava hospedada neste link: Clique aqui!. Ela foi reproduzida pela página da EBC, que a mantém no ar até o momento.

Após a publicação da nota, a ministra passou a ser pressionada nas redes sociais por apoiadores radicais de Jair Bolsonaro, que têm insistido em narrativa de que as vítimas da operação eram todos criminosos, com exceção do policial.

O próprio presidente escreveu que "a mídia e a esquerda" comete ofensa ao povo ao "tratar como vítimas traficantes que roubam, matam e destroem famílias". As investigações ainda não foram concluídas.

Nesta segunda-feira (10), a nota do Ministério da Saúde já não pode mais ser acessada no site do governo federal, o que se tornou motivo de comemoração para os bolsonaristas.

"Com certeza, presidente! A mídia de esquerda tem sido o câncer desta nação. Alerto, com muito respeito, que a Assessoria de Comunicação do MDH fez a mesma coisa e depois que alertei sobre nossas diretrizes conservadoras, tiraram o link do ar", escreveu Sandra Terena, ex-secretária da pasta de Damares Alves, na publicação em que Bolsonaro criticava a imprensa.

Comunicar erro
Portal TX

© 2021 Portal Tx
Rua Espanha, 85 - Jardim Europa, Teixeira de Freitas-Ba

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal TX