Em Senhor do Bonfim, Valmir pede saída de Moro e liberdade imediata de Lula

O deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) acompanhou os festejos juninos em Senhor do Bonfim, no Centro-norte do Estado. Ao lado do prefeito Carlos Brasileiro (PT), o parlamentar pediu a saída do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a liberdade imediata do ex-presidente Lula. “É preciso libertar urgentemente o presidente Lula e corrigir esse erro histórico do Brasil e de parte do judiciário. O conteúdo das mensagens trocadas entre o então ex-juiz federal Moro e os procuradores do Ministério Público Federal [MPF] na Operação Lava Jato, divulgadas recentemente, não é normal. São ações ilegais e passíveis de punição para os envolvidos”, disse o petista.

Acompanhado também do deputado estadual Bobô (PCdoB), Valmir não poupou críticas à operação Lava Jato. “Parou o país e se demonstrou parcial. Teve o objetivo de derrubar o governo e eleger um novo presidente. Foi uma conspiração”. Ele afirma que existe a possibilidade de Lula deixar a prisão e que o povo brasileiro vai pressionar para que isso aconteça de forma imediata. “Não podemos aceitar que Lula fique preso injustamente. Todos sabem que ele não cometeu crime. E todos sabem que hoje era para ele ser o presidente. Mas Moro e Bolsonaro tramaram para que isso não acontecesse”.

Facebook Comments